Portal da Prefeitura de Cabo Frio

“Águas de Março” inaugura Polo Gastronômico na Passagem

Por da Redação em 21/03/2017
Cabo Frio vai celebrar a chegada do outono com música e gastronomia em um dos cenários mais aprazíveis e charmosos da cidade: o Largo São Benedito, na Passagem. O local será palco do show “Águas de Março”, um tributo ao maestro Tom Jobim, que acontece neste sábado (25), a partir das 19 horas.

O evento marca a inauguração do Polo Gastronômico do Largo São Benedito, no coração do histórico bairro Passagem. O pianista Ivan Morini e o Three Jazz interpretam alguns dos maiores clássicos do maestro, entre eles “Corcovado”, “Luíza”, ”Esse Seu Olhar”, “Chega de Saudade" e, claro, “Águas de Março”, composição que empresta nome ao evento. O show é uma iniciativa da Secretaria de Turismo através da Coordenadoria de Eventos.

“A Passagem é um dos locais mais encantadores da cidade, sem contar que é rica em história e de onde se originou Cabo Frio. Por essas e outras qualidades sempre desejei elaborar um projeto que tivesse a cara do bairro e foi assim que tive a ideia do Polo Gastronômico. Unir a música da proposta ‘Águas de Março’, do amigo Ivan Morini, eleva o valor do projeto como um todo”, avaliou o prefeito Marquinho Mendes.  

Segundo ele, o projeto quer consolidar a Passagem, que é um tradicional reduto de gastronomia em Cabo Frio, em referência no setor. Para isso, conta com o charme e a arquitetura histórica do bairro. O projeto prevê que o local seja fechado para veículos às sextas, sábados, domingos e feriados. A iniciativa de fechar o acesso de carros será feita em caráter experimental com avaliação do empresariado em conjunto com o poder público para que sejam feitos ajustes, caso necessário.

Fonte de história e de riqueza cultural
O bairro da Passagem foi ocupado pelos portugueses no início do século XVII. O local é um marco histórico e emblemático de Cabo Frio, pois deu origem à formação da cidade. Localizado entre o Canal do Itajuru e o mar, o espaço abrigou as primeiras habitações e feitorias, que era ocupado em sua maioria por pescadores. 

A Passagem possui diversos prédios antigos coloniais tombados pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), como a Igreja de São Benedito. Construída para abrigar escravos no século XVIII, pequena Igreja está localizada em frente à praça de mesmo nome, rodeada por pequenas e charmosas casinhas que conservam o desenho colonial. A construção é uma das principais atrações da Passagem.