Portal da Prefeitura de Cabo Frio

Dia Nacional da Saúde é comemorado neste sábado (5)

Por em 04/08/2017
No dia 05 de agosto, comemora-se no Brasil o Dia Nacional da Saúde. A data,  escolhida em homenagem ao nascimento do sanitarista Oswaldo Cruz, foi incluído no Calendário oficial brasileiro através do Ministério da Saúde e da Educação e Cultura. O médico é considerado um ícone na história do combate de epidemias no Brasil, no começo do século XX.  

O Dia Nacional da Saúde foi criado para conscientizar a importância da educação sanitária e despertar na população o valor e os cuidados sobre o tema. Para a superintendente municipal em Saúde, Lucy Pires, ter saúde não é apenas se prevenir e, sim, adquirir novos hábitos e ter responsabilidade quando se diz respeito à saúde física.

“Ter saúde é estar consciente de si mesmo, respeitar os próprios valores, as limitações. É um estado no qual se leva em consideração que dependemos de tudo e de todos. Precisamos tomar todas as medidas de prevenção para evitarmos doenças. Lavar as mãos com freqüência, alimentação saudável, fazer exercícios físicos regulares, uso das vacinas disponíveis, combate a vetores de doenças como mosquitos, ratos e outros; manter a casa limpa e arejada, cuidar do meio ambiente fazendo o descarte do lixo adequadamente, e muitas outras ações individuais e coletivas”, ressaltou.

Para o coordenador médico do programa Estratégia Saúde da Família (ESF), Rafael Almenara, a Saúde de Cabo Frio tem investido na capacitação dos profissionais e em melhoria das unidades.
 
“Hoje, como parte da gestão em saúde da família de Cabo Frio, afirmo que há muito empenho para termos um segmento de qualidade e acessível para a população. Tivemos grandes avanços, porém muito mais está por vir para essa mudança completa, digna, de qualidade e com profissionais que se empenham para cuidar dos nossos pacientes", afirmou o médico.

Para o coordenador de Odontologia do Hospital Municipal Otime Cardoso dos Santos, Álvaro Braga, a data lembra a conscientização de todos enquanto cidadãos. 

“Saúde também é cuidar da higienização bucal, pois acaba refletindo na saúde integral e na qualidade de vida. Precisamos diminuir o índice de doenças periodontais e inclusive o câncer de boca, que muitas vezes pode estar relacionado às infecções no pulmão, cardiopatias entre outras que podem se espalhar pela corrente sanguínea gerando até mesmo a morte”.
 
Saúde de Cabo Frio vence desafios
 
 O início do novo governo foi de grandes dificuldades, especialmente na Saúde. No entanto, com muito trabalho e empenho de todos em janeiro a Prefeitura reabriu as três principais unidades hospitalares de Cabo Frio que estavam fechadas: o Hospital Municipal da Mulher, o Centro de Saúde Oswaldo Cruz e o Hospital Otime Cardoso dos Santos, no Jardim Esperança. Atualmente, as unidades de saúde da cidade estão com os serviços normalizados.

O distrito de Tamoios também passou por grandes mudanças.  Tanto a UPA quanto o Hospital, que estavam defasados com falta de material e de insumos básicos, voltaram a atender a população após a reorganização promovida pela atual gestão.