Portal da Prefeitura de Cabo Frio

"Museu do Surf" é entregue à população

Por em 13/02/2017

Com um acervo digno de museus de grandes capitais, o “Museu do Surf” de Cabo Frio foi reinaugurado no último sábado, dia 11, pelo prefeito Marquinho Mendes. A reabertura das portas do espaço contou com a presença da vice-prefeita Rute Schuindt, de vereadores e de secretários da atual gestão. A população também prestigiou o evento, que lotou a Praça da Cidadania, em frente ao Teatro Municipal.


“É uma vitória retornarmos a este espaço, de onde nunca deveríamos ter saído. É importante termos atrações que envolvam cultura, esporte e turismo, que vão impulsionar a economia da nossa cidade”, afirmou Marquinho.


O “Museu do Surf” de Cabo Frio, que é o maior do gênero das Américas Latina e Central e o terceiro maior do mundo, abriga relíquias que contam a história do surf mundial e também de grandes nomes da modalidadeDe acordo com Telmo Moraes, curador do espaço, o objetivo é fazer com que a população tenha acesso à história.


“É uma felicidade muito grande retornar ao espaço. Marquinho acreditou no projeto e todas essas peças estão de volta. Elas não poderiam ficar guardadas e agora Cabo Frio e o mundo poderão ter acesso a tudo isso”, afirmou emocionado.


Após os discursos, a entrada ao espaço foi franqueada aos presentes, que puderam ver de perto as relíquias, entre pranchas e outras peças, que contam a história do esporte. A banda Surf City foi encarregada de animar a noite.


O Museu conta com uma coleção de peças raras. Para se ter ideia são 823 pranchas de surf, body board e long board, além filmes, documentos, miniaturas, revistas, quadros e troféus que contam a história de um dos esportes mais praticados no Brasil e no mundo.