Portal da Prefeitura de Cabo Frio

Novo governo tira cidade do caos em 1 mês

Por em 01/02/2017
Em 31 dias, muita coisa já foi feita. Desde o fim da greve até a reabertura das unidades de saúde, o novo governo de Cabo Frio desenvolveu uma série de ações emergenciais que estão tirando a cidade do caos em que foi encontrada no dia 1º de janeiro. Segundo o prefeito Marquinho Mendes, a palavra de ordem é organização.

"Pegamos o município em uma situação de calamidade. Salários atrasados em até 4 meses, lixo espalhado pelas ruas, hospitais fechados, as repartições públicas em situação deplorável, entre outras coisas. Problemas não faltavam, mas agora só pensamos nas soluções. Estamos organizando a cidade e mostrando que temos uma equipe competente. Sem dúvidas, é o maior desafio de nossas vidas e vamos cumpri-lo com louvor", analisa o prefeito.

Logo no primeiro dia do novo governo a prioridade era colocar as unidades de saúde em pleno funcionamento. Após esta etapa, inciou-se a série de negociações para implementar um calendário de pagamentos e acabar com o problema dos salários atrasados. A primeira categoria a sair da greve foi a Educação. Depois foi a Guarda Municipal, a Saúde, os Fiscais e os servidores Administrativos. No dia 26 de janeiro as negociações terminaram e todas as categorias voltaram ao trabalho.

"Essa é nossa maior vitória até o momento. A situação do funcionalismo é angustiante porque ninguém aguenta ficar com os salários atrasados. Demos um importante passo para resolver essa situação. Estabelecemos um calendário em conjunto com os sindicatos e agora estamos cumprindo tudo, sempre agindo com transparência", aponta Marquinho.

Alunos, enfim, vão voltar às salas de aula
Após o fim da greve que durou mais de 7 meses, a Secretaria de Educação iniciou a elaboração do calendário letivo. A prioridade é o encerramento do ano letivo de 2016, o que vai ser feito a partir desta quarta-feira, 1º de fevereiro, em 70 das 90 unidades de ensino. Já o ano letivo de 2017 vai começar no dia 24 de abril.

Limpeza e tapa-buracos dão novo aspecto para a cidade
A situação de calamidade no início do novo governo era visível. Nas ruas, lixo e buracos incomodavam a população e os turistas. Desde o primeiro dia da nova gestão, uma operação tapa-buracos começou a passar pelas vias de maior movimento. Agora o trabalho está passando por diversos bairros. Cerca de 20 homens da Secretaria de Obras atuam diariamente.

A situação da limpeza também era muito complicada e demorou um pouco mais para ser resolvida. Logo no início, mutirões de limpeza foram realizados em toda a cidade. As equipes já passaram por mais de 200 ruas e foram recolhidos pelo menos 6 mil toneladas de detritos diversos entre lixo orgânico, galhos e entulho.

Como a empresa que fazia o recolhimento de lixo estava sem receber desde a gestão anterior, os funcionários contratados por ela pararam de trabalhar. Por ser um serviço essencial, a Prefeitura encerrou o contrato com a antiga empresa e contratou emergencialmente uma nova firma para fazer a coleta de lixo. O novo governo vem trabalhando para a normalização total da coleta e a expectativa é de que isso ocorra nos próximos dias. 

Confira abaixo a lista de algumas das principais ações desenvolvidas no primeiro mês do novo governo:

- Fim da greve dos servidores

- Calendário de pagamentos

- Reabertura dos Hospitais

- Calendário Escolar

- Mutirões de limpeza

- Regularização na coleta de lixo

- Operação Tapa-buracos

- Fiscalização e ordenamento de áreas ambientais

- Recuperação de áreas públicas invadidas

- Projeto "Cultura do Amanhã"

- Ordenamento nas praias

- Combate ao comércio ilegal

- Retorno de assistência médica e dentária para os servidores pelo Ibascaf 

- Campanha de incentivos para pagamento do IPTU

- Manutenção de semáforos e de iluminação pública

- Restabelecimento das atividades do Conselho Tutelar

- Ações de combate ao mosquito Aedes aegypti