Portal da Prefeitura de Cabo Frio

Sarau no Charitas terá lançamento de livro e abertura de inscrições para edital literário

Por em 15/02/2017
O Museu e Casa de Cultura José de Dome, o Charitas, recebe nesta quinta-feira (16) o Sarau das Flores Literárias, a partir das 18h30. No evento, o historiador e escritor Paulo Cotias lançará o livro “Salinas”. A noite contará ainda com declamação de poesias, sorteios, apresentação musical, além de microfone aberto para os presentes ao encontro.

O evento ainda vai marcar a abertura de edital para o projeto Antologia Flores Literárias, que consiste na publicação de um livro com autores locais. As inscrições para o projeto Antologia serão feitas pela internet por meio do Facebook Flores Literárias ou email floresliterariascabofrio@gmail.com. As melhores poesias serão publicadas em livro, que tem previsão de lançamento em junho, durante a segunda edição da Festival de Inverno Literário de Cabo Frio. 

De acordo com Jaqueline Brum, uma das idealizadoras do evento, será uma noite recheada de atividades literárias, como poesias e músicas. 

“Estamos felizes e ansiosas para este delicioso evento. Espero que seja um lindo encontro de escritores, poetas, artistas e apreciadores que buscam a arte pra viver de forma mais prazerosa e alimentar a alma com Cultura. Nessa edição, o ponto alto é o lançamento do romance do professor Paulo Cotias e o edital, que dá possibilidade de as pessoas publicarem seus textos e poemas em um livro”, contou Jaqueline Brum, que aposta num "clima lírico, intimista e na riqueza da programação" como chamarizes para o evento.

“SALINAS”
 
Este é o sexto livro publicado pelo historiador Paulo Cotias, sendo o segundo romance. Segundo ele, a trama é contemporânea e leva a reflexões profundas sobre o que desejamos ser enquanto sociedade.

“É literatura para diversão, mas com toques de consciência. A saga dos Salinas, que começou com Boulevard, meu primeiro romance, agora ganha outros contornos, mais ricos e detalhados.  Resta saber qual será o destino de Campo Belo e de seus mandatários. Mas isso ficará para as próximas histórias...Gostaria de agradecer a Editora Sophia a qual faço parte como autor, ao grupo Flores Literárias pelo apoio ao lançamento e, igualmente, a Secretaria de Cultura de Cabo Frio, sempre sensível às manifestações da arte local”, destacou o escritor.

O livro é uma obra de ficção que reúne os arquétipos da vida real e se passa na cidade imaginária de Campo Belo. A morte de um político importante desencadeia uma corrida por seus segredos que, se revelados, podem comprometer a muitos figurões.

A trama ganha ritmo acelerado, onde perseguições, seqüestros e assassinatos são apenas o sinal mais aparente do jogo de sombras da política da cidade. Ao mesmo tempo, o livro conta como a Família Salinas tornou-se o que é para Campo Belo, mostrando que nenhum poder se constrói com o que há de melhor nas pessoas.