Portal da Prefeitura de Cabo Frio

Secretaria de Desenvolvimento realiza operação no Parque Mico Leão Dourado

Por em 27/04/2017
Agentes das Coordenadorias de Meio Ambiente e Assuntos Fundiários da Secretaria Municipal de Desenvolvimento, em conjunto com a Comsercaf e Batalhão Florestal, estiveram, na manhã da quarta-feira (26), na área do Parque do Mico Leão Dourado, Gleba 6, do Centro Hípico, dando continuidade à operação que tem por finalidade identificar e combater irregularidades que estejam colocando em risco o equilíbrio ambiental. Após a perícia realizada nas construções flagradas na semana passada, foi realizada nesta quarta-feira a demolição de duas casas, um muro e uma cerca feita com pallets. O proprietário foi notificado e multado.


REFORÇO

Em ação de repressão realizada também em Tamoios, em áreas da APA Federal da Bacia do Rio São João, agentes da Delegacia especializada do Meio Ambiente, em apoio a agentes do ICMBio – Instituto Chico Mendes de Preservação da Biodiversidade – juntaram-se aos agentes da Prefeitura e ampliaram as ações, chegando até as margens do Rio Gargoá, onde foi flagrado
novo cercamento ilegal, com retirada da mata ciliar. No local, foi identificada, também uma obstrução irregular do Rio Gargoá para que fosse construída uma continuação da Rua das Lebres sobre o leito do rio, e realizada a retirada de muros e construções na área de mangue. Também foi flagrado um ferro-velho e o seu proprietário notificado para que faça a retirada das carcaças. A Polícia Civil será acionada para verificar a procedência do material encontrado no local.

Para o secretário de Desenvolvimento da Cidade, Cláudio Bastos, essas ações são um reflexo do esforço conjunto que o município vem fazendo para eliminar os crimes ambientais na região de Tamoios: “esses são apenas os resultados iniciais. Nossas coordenadorias estão trabalhando, fazendo levantamentos e até se utilizando de imagens aéreas para identificar esses locais em que o meio ambiente está sendo degradado. As pessoas que vêm cometendo esses atos podem ter certeza de que estão sendo monitoradas e todas as providências legais cabíveis serão tomadas”, finalizou.