Portal da Prefeitura de Cabo Frio

Superintendência de Proteção aos Animais resgata 14 animais

Por em 31/07/2017

A Superintendência de Proteção aos Animais, instituição ligada à Secretaria de Agricultura de Cabo Frio, resgatou na última semana 14 animais, sendo seis cachorros e oito gatos. Os animais foram resgatados por meio de denúncias dos moradores.


Segundo a Superintendente de Proteção aos Animais, Caroline Midori, alguns animais foram resgatados em situações lamentáveis. Cinco cães fapresentavam tumor e já estão no processo de tratamento e um gato que foi encontrado em extremo estado de magreza vai passar por exames. Uma das cadelas foi deixada na porta do canil com mais dois cachorros. Um deles foi atropelado na rodovia e não sobreviveu.


Peço encarecidamente consciência e responsabilidade para com seus animais, sei que o momento é difícil para todos por causa das dificuldades que temos quando nosso animal adoece, em questões financeiras, mas é muito cruel o abandono. Quando você abandona está condenando-o a morte, muitos largam seus bichinhos quando eles mais precisam, quando adoecem ou envelhecem, infelizmente a superintendência não consegue dar conta de todos animais que estão na rua, por isso precisamos da ajuda da população em cuidar do seu animal, lembrando que abandono é crime” disse a Superintendente Caroline Midori.


Uma gata que foi resgatada com seus filhotes já foi castrada e adotada. Quatro gatos filhotes, encontrados no bairro Vila Nova, estão disponíveis para adoção, junto com outros animais que já se encontram no Canil.


O telefone para a população realizar denúncias de maus tratos aos animais, resgate e adoção é (22) 99237-6507. As ligações podem ser feitas de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h. O Canil Municipal fica localizado na Fazenda Campos Novos.


É importante lembrar que todos os custos referentes aos cuidados de internação, exames, cirurgias, castração e remédios com os animais são arcados pelo “Bazar Animal”, instituição independente. O bazar recebe doações de roupas, brinquedos, calçados, livros e CDs, entre outros, e toda a venda é revertida para a causa animal.